Contrave (bupropiona + naltrexona)

A pessoa obesa tem sérias dificuldades para perder peso, muitas vezes precisando de tratamentos mais específicos e prolongados. Para ajudar no processo de emagrecimento, a indústria farmacêutica lançou no mercado o Contrave, um medicamento composto por duas substâncias ativas (Bupropriona e Naltrexona) que agem diretamente nos centros cerebrais responsáveis pelo apetite e pela satisfação com os alimentos, o sistema de recompensa cerebral.

Este produto está temporariamente fora de estoque. Estará disponível em breve, forneça seu endereço de e-mail abaixo para receber atualizações assim que este produto estiver disponível.

O que é Contrave e para que serve?

O Contrave é composto por dois princípios ativos: o Cloridrato de Naltrexona e o Cloridrato de Bupropiona, para ser utilizado em pessoas obesas adultas ou com sobrepeso, em tratamento para emagrecimento.

Na Europa o conjunto de Cloridrato de Naltrexona e o Cloridrato de Bupropiona 8mg/90mg é conhecido como Contrave mas nos Estados Unidos e Brasil por exemplo, é comercializado sob o nome Contrave.

A ação do Contrave acontece nas zonas cerebrais envolvidas no controle do apetite e no consumo de energia calórica. Ao mesmo tempo em que os princípios ativos inibem o apetite, fazendo com que o paciente se sinta satisfeito com menor quantidade de alimentos, ajuda a consumir a energia ingerida, aproveitando-se da gordura acumulada e, consequentemente, reduzindo o peso corporal.

A obesidade pode ser definida através do IMC – Índice de Massa Corporal. Quando o IMC é igual a 27 e inferior a 30, considera-se que a pessoa tenha sobrepeso e, acima de 30, a pessoa é considerada obesa. O índice é válido para pessoas adultas com mais de 18 anos de idade, havendo uma tabela específica para pessoas abaixo de 18 anos.

O Contrave foi aprovado para ser administrado em pacientes com IMC acima de 17, que apresentem problemas relacionados com o excesso de peso, como diabetes tipo 2, pressão arterial elevada, mesmo sob controle, ou níveis elevados de lipídeos (ou gordura corporal).

O tratamento é feito em longo prazo e pode ser descontinuado caso o paciente não consiga perder pelo menos 5% do seu peso inicial após 16 semanas. O tratamento também pode ser interrompido no caso de o paciente apresentar aumento da tensão arterial ou outras situações decorrentes do medicamento, prevenindo-se com relação à sua segurança e tolerabilidade.

Contrave (bupropiona + naltrexona) é igual a Mysimba?

São medicamentos iguais com mesmas subtâncias ativas. Simplesmente são vendidos com nomes diferentes na Europa (Mysimba) e nos Estados Unidos (Contrave). O nome Contrave é mais conhecido pois existe há mais tempo (foi aprovado 1 ano antes). Ao comprar Contrave na Healthexpress, como estamos sediados na Europa, vai receber o equivalente ao Contrave, o medicamento Mysimba.

Contrave (bupropiona + naltrexona) tem diferença com Orlistato?

Sim, o Bupropriona e Naltrexona do Contrave atuam a nível cerebral reduzindo o apetite, já o Orlistato (Xenical) tem somente atuação no sistema digestivo, impedindo absorção da gordura ingerida.

Composição e doses do Contrave

Os princípios ativos do Contrave que compõem o medicamento estão na proporção de 8 mg de Cloridrato de Naltrexona, equivalente a 7,2 mg de Naltrexona, e de 90 mg de Cloridrato de Bupropiona, equivalente a 78 mg de Bupropiona.

Composição química do Contrave

Na composição de Contrave também entram outras substâncias, ou excipientes, como a celulose microcristalina, hidroxipropilcelulose, lactose anidra, lactose monohidratada, cloridrato de cisteína, crospovidona, estereato de magnésio, hipromelose, edetato dissódico, dióxido de silicone coloidal, laca de alumínio de carmim de índigo, álcool polivinílico, dióxido de titânio, macrogol e talco.

Os comprimidos de Contrave são de liberação prolongada, ou seja, os princípios ativos agem por mais tempo no organismo a partir de uma liberação lenta. Sua aparência é azul, biconvexa e redonda, contendo a impressão NB 890 em uma das faces.

A comercialização do Contrave é feita em embalagens de 112 comprimidos.

Como funciona o Contrave para emagrecer?

Os princípios ativos do Contrave (bupropiona + naltrexona) atuam diretamente nas áreas cerebrais responsáveis pela ingestão de alimentos e pelo equilíbrio energético do organismo. Dessa forma, o medicamento reduz o apetite, oferecendo maior sensação de saciedade, controlando o prazer associado aos alimentos.

O Contrave possibilita a redução de apetite, ao mesmo tempo em que reduz a quantidade de alimentos que o paciente consome em cada refeição, e aumenta o consumo de energia calórica, o que possibilita ao paciente em tratamento a utilização da própria gordura como fonte de energia, oferecendo um processo de emagrecimento constante e estável.

Como o Contrave funciona

O tratamento com Contrave, no entanto, deve ser feito com o acompanhamento de uma dieta equilibrada, além de atividades físicas realizadas de forma constante e regular, ajudando o paciente a tratar também as comorbidades relacionadas com a obesidade.

No caso de o paciente não perder pelo menos 5% do seu peso corporal no início do tratamento após 16 semanas, o uso do Contrave deve ser suspenso, devendo o médico indicar soluções alternativas para o emagrecimento.

Quanto peso pode perder com Contrave? Estudos e eficácia

O Contrave (bupropiona + naltrexona), antes de ser aprovado pelos órgãos fiscalizadores de saúde, passou por quatro estudos clínicos que envolveram pelo menos 4.500 voluntários, entre pessoas obesas e com sobrepeso, em estudo duplo-cego, ou seja, com pacientes usando os princípios ativos e outros usando placebo, sem conhecimento prévio. Os pacientes foram acompanhados de aconselhamentos sobre alimentação e exercício, tendo conhecimento de que estavam participando de um programa de perda de peso.

Os estudos tiveram um tempo pré-determinado de 28 e de 56 semanas de tratamento, com o objetivo de determinar a redução percentual de peso. Como resultados, obteve-se um percentual de 42% das pessoas tratadas com Contrave com perda de peso de 5% em relação ao peso original.

Nos estudos, observou-se também que um percentual de 30% dos voluntários atingiu redução de peso de 10% ao final do tratamento, eliminando-se desses percentuais aqueles que não completaram o programa, percentual que chegou a 50% dos voluntários iniciais.

Proporcionalmente, a perda média de peso dos voluntários tratados com Contrave foi de 3,7 a 5,7%, em comparação com 1,3 a 1,9% tratados com placebo. Nos pacientes que conseguiram 5% de perda de peso, o percentual variou de 28 a 42%, contra 12 a 14% de pacientes tratados com placebo.

Em pacientes que alcançaram redução de peso de pelo menos 10% do valor original, o percentual foi de 13 a 22%, contra 5 ou 6% dos pacientes tratados com placebo.

Um dos estudos com aconselhamento intensivo ofereceu melhores resultados, chegando a 8,1% de pacientes com perda de peso de 5% contra 4,9% de pacientes tratados com placebo. Nesse estudo, o percentual que chegou a 5% de perda de peso foi de 46%, enquanto que pelo menos 30% chegaram a perder 10% do peso inicial.

Os efeitos do tratamento com Contrave foram mais acentuados nos pacientes que completaram o tempo integral de 56 semanas de tratamento e para os pacientes que conseguiram atingir 5% de perda de peso em 4 meses.

Como tomar o Contrave (bupropiona + naltrexona)?

O tratamento com Contrave deve ser as orientações médicas, devendo o paciente conversar com seu profissional de saúde no caso de apresentar alguma dúvida.

A dose inicial, geralmente, deve ser feita com apenas um comprimido tomado uma vez ao dia, pela manhã. A dose deve ser ajusta seguindo um cronograma estabelecido pelos fabricantes ou de acordo com a prescrição médica:

  • Semana 1: um comprimido por dia, pela manhã;
  • Semana 2: um comprimido duas vezes ao dia, pela manhã e à noite;
  • Semana 3: três comprimidos diários, sendo dois pela manhã e um à noite;
  • Semana 4 em diante: dois comprimidos, duas vezes ao dia, sendo dois pela manhã e dois à noite.
Posologia do Contrave

O Contrave deve ser ingerido apenas por via oral, engolindo os comprimidos inteiros, sem os partir ou mastigar ou mesmo esmagar. Preferencialmente, o uso de Contrave deve ser feito juntamente com as refeições.

Antes de iniciar o tratamento com Contrave, o paciente deve passar por exames clínicos e laboratoriais, analisando suas condições de saúde. No caso de possuir nível elevado de açúcar no sangue ou se tiver mais de 65 anos, o médico poderá decidir novas dosagens para o tratamento.

Se o paciente tomar acima da dose indicada pelo médico, pode correr riscos de convulsões ou efeitos secundários mais graves e, nesse caso, deve procurar ajuda médica imediatamente.

No caso de esquecimento de uma dose, o paciente deve ignorar a dose esquecida e tomar as doses seguintes nos horários determinados, evitando dobrar a dose para compensar aquela que se esqueceu.

O tratamento inicial para avaliação dos efeitos do Contrave na perda de peso deve ter o prazo mínimo de 16 semanas. Após esse período, é necessária uma avaliação para verificar os resultados.

Quais os efeitos colaterais do Contrave?

Da mesma forma que qualquer outro medicamento de prescrição, o Contrave pode provocar efeitos colaterais, embora não sejam apresentados por todos os pacientes em tratamento.

Havendo situações de efeitos secundários mais severos, o paciente deve informar imediatamente o seu médico.

Pode encontrar a lista dos possíveis efeitos colaterais do Contrave abaixo.

Efeitos Colaterais Comuns (1 em 10 pacientes)
Naúseas Vómitos
Falta de Sono Dores abdominais
Efeitos Colaterais Raros (1 em 1,000 pacientes)
Perda de consciência Desmaio
Confusão mental Perda de coerência

Os efeitos colaterais menos graves geralmente são minimizados e desaparecem à medida que o organismo se acostuma com os princípios ativos do medicamento.

Precauções e interações do Contrave (bupropiona + naltrexona)

O Contrave não deve ser usado por pessoas que tenham alergia aos seus princípios ativos ou a qualquer outro excipiente presente em sua fórmula. Além disso, o tratamento com Contrave também não é indicado nos seguintes casos:

  • Para quem tem pressão arterial elevada de forma anormal, ou hipertensão, que não esteja sendo controlada com medicamentos;
  • Para quem apresenta doenças que causam ataques epilépticos, como convulsões, ou quem tenham antecedentes de convulsões;
  • Para pessoas que tenham tumor cerebral;
  • Para pessoas que normalmente tomam bebidas alcoólicas ou que tenham deixado de usar álcool;
  • Para pessoas que tenham cessado com o uso de sedativos ou de medicamentos para tratar ansiedade, como benzodiazepinas, ou mesmo se vão parar de tomar durante o tratamento de perda de peso;
  • Para pessoas portadoras de transtorno bipolar;
  • Para pessoas que estejam usando qualquer outro medicamento que tenha como princípio ativo os mesmos presentes no Contrave;
  • Para pessoas que apresentem histórico de distúrbio alimentar, como anorexia nervosa ou bulimia;
  • Para pessoas que apresentam dependência crônica de opiáceos ou agonistas opiáceos, como metadona, por exemplo, ou que estejam passando pela síndrome de abstinência aguda;
  • Para pessoas que estejam tomando medicamentos contra depressão ou mal de Parkinson, como inibidores da monoamina oxidase, ou que tenham tomado nos últimos 14 dias;
  • Para pessoas que tenham problemas hepáticos ou renais.

Antes de receber a prescrição para o tratamento com Contrave, o paciente deve informar o seu médico sobre suas condições reais de saúde, já que algumas condições predispõem a efeitos colaterais.

Pessoas que tenham qualquer problema de saúde como os indicados (depressão, distúrbios hepáticos ou renais ou qualquer outra doença), devem consultar o seu médico sobre a possibilidade de usar Contrave sem qualquer risco.

O Contrave interage com outros medicamentos e, portanto, o médico deve ter conhecimento daqueles usados pelo paciente, sejam de prescrição, de venda livre ou mesmo à base de ervas.

O Contrave não deve ser usado durante a gravidez ou enquanto a mulher estiver amamentando, devendo ser evitado também por mulheres que estejam tentando engravidar.

Como o Contrave pode provocar tonturas, o paciente não deve conduzir veículos ou dirigir máquinas operatrizes enquanto estiver em tratamento.

Finalmente, o paciente deve evitar o consumo de bebidas alcoólicas durante o tratamento para perda de peso com Contrave.

Compra de Contrave online: Como nosso serviço funciona

Contrave

Qual é o preço do medicamento Contrave (Bupropriona + Naltrexona)?

O preço vai variar de acordo com a dose e quantidade do medicamento. Lembramos que o preço incluí não só o medicamento, mas também todo o serviço que prestamos, desde a consulta e receita médica online ao envio expresso de forma discreta. Oferecemos métodos de pagamentos seguros e cômodos para os nossos clientes, nomeadamente boleto e cartão em até 6 parcelas.

Nota: websites que vendem Contrave (Bupropriona + Naltrexona) em grandes quantidades, com preço muito baixo e que não requisitem dados médicos, provavelmente estão agindo de forma ilegal.

Por que posso comprar o medicamento de prescrição Contrave (Bupropriona + Naltrexona) online?

O Contrave é um medicamento sujeito a prescrição médica, ou seja, não pode ser comprado sem indicação médica. No entanto, na HealthExpress, oferecemos a possibilidade de completar uma consulta online grátis que permite a nossos médicos parceiros verificarem se o paciente está apto para utilizar tal tratamento. Se o mesmo estiver apto, uma receita médica será emitida e enviada para nossa farmácia parceira que fará o envio do medicamento para o endereço escolhido. Qualquer farmácia online que venda Contrave (Bupropriona + Naltrexona) sem solicitar dados médicos e/ou emitir uma receita, está agindo fora da lei.

Por que não é possível comprar Contrave (Bupropriona + Naltrexona) sem receita médica?

A nível mundial, o Contrave é considerado um medicamento de prescrição médica, sendo por isso obrigatório que um médico determine se o paciente está apto e se é seguro iniciar o tratamento.

É seguro comprar Contrave (Bupropriona + Naltrexona) na HealthExpress?

Na HealthExpress, antes de comprar o Contrave, passará por um processo de consulta online (questionário) que permite que os nossos médicos parceiros verifiquem se é completamente seguro iniciar o tratamento. Nossos médicos estão registrados na Autoridade Médica Britânica (GMC, General Medical Council) e a HealthExpress é aprovada para venda de medicação online pela entidade Britânica MHRA (Medicines and HealthCare products Regulatory Agency).

Como o medicamento é entregue?

Após um de nossos médicos aprovarem o seu pedido, a farmácia enviará o medicamento para o endereço fornecido por você no processo de compra. As entregas são realizadas pelos Correios ou transportadora e oferecemos rastreamento ponto-a-ponto. As encomendas são completamente discretas sem informação relativa ao website ou ao medicamento Contrave.

Como sei que comprei o Contrave (Bupropriona + Naltrexona) original?

A HealthExpress apenas trabalha com medicamentos de laboratórios ou fabricantes renomados. A nossa farmácia é regulada localmente (pelo MHRA) e Agência Europeia Medicamentos, garantindo assim que as nossas operações sejam realizadas de forma transparente.

Meus dados são protegidos durante o processo de compra on-line?

Na HealthExpress, valorizamos a privacidade dos nossos pacientes. Qualquer dado pessoal, médico ou de pagamento será protegido por SSL. Não realizamos compartilhamento de dados com terceiros sem o seu consentimento.

Mais alguma questão?

Se tiver alguma questão adicional, não hesite em contatar-nos por telefone, chat ou email.

Se Você acha que sofre de obesidade, nossos médicos podem te ajudar. Basta passar pela nossa consulta online gratuita.

Clique aqui: Consulta Online Grátis

Fontes: