Champix

Compre Champix online com a prescrição do nosso médico

  • Taxa de sucesso mais elevada entre todos os tratamentos para deixar de fumar
  • Reduz os sintomas de abstinência de forma gradual
  • Impede que sinta prazer ao fumar, caso o faça
  • Entrega grátis no dia seguinte

O Champix está clinicamente comprovado ser o medicamento para deixar de fumar de maior sucesso actualmente disponível, permitindo aos seus utilizadores deixar de fumar em apenas 12 semanas de tratamento.

Champix é um medicamento de prescrição e não é possível comprá-lo sem receita médica. Na HealthExpress você pode comprar o medicamento Champix online porque nós emitimos uma receita com base em uma consulta realizada online. Para isso, você deve preencher o nosso questionário médico que será revisto por um de nossos médicos. Então, você poderá encomendar o Champix diretamente na sua área de paciente.

Comece a sua Consulta Grátis
Encomende antes das 16,30h para envio no mesmo dia
Serviço de Excelência

3,987 classificações de pacientes

4.8/5
Tudo incluído no Preço

Avaliação, Receita médica e entrega Grátis

Privado e Convidencial

Entrega e Pagamentos discreto

Medicamentos Originais:

Prescritos por médicos registados no Reino Unido

O que é Champix?

O Champix é um medicamento desenvolvido para ajudar no combate ao tabagismo. A nicotina é o principal ingrediente viciante do cigarro, entrando na corrente sanguínea depois de inalada e estimulando o cérebro.

O Champix é um tratamento único que o(a) ajuda a deixar de fumar e que funciona de duas formas distintas. O Champix fornece vareniclina, que ajuda a reduzir o desejo de fumar e os sintomas de abstinência. A vareniclina liga-se aos recetores de nicotina e impede que a nicotina os alcance, pelo que não sentirá a mesma sensação ao fumar. Por isso, mesmo que se sinta tentado a fumar um cigarro, não irá sentir prazer. Esta combinação de efeitos fazem com que seja mais fácil deixar de fumar. Estudos com fumadores que utilizaram mais do que um tratamento provaram que 25% dos fumadores deixaram de fumar com o uso de Champix.

Fumantes regulares são viciados e dependentes de nicotina. Quando o nível de nicotina entra em queda na corrente sanguínea, o fumante desenvolve os primeiros sinais de abstinência, apresentando agitação, aumento de apetite, irritabilidade, dificuldades em se concentrar, mal estar e até dores no corpo, além do forte desejo de usar novamente o cigarro.

Os sintomas têm início em poucas horas após o último cigarro e, caso o fumante não fume, eles podem se agravar.

No caso de não fumar mais nenhum cigarro, os sintomas de abstinência chegam ao seu pico depois de 24 horas e, para quem resolver parar de fumar definitivamente, tendem a ser aliviados ao longo de 2 a 4 semanas.

A maior parte dos fumantes não chega ao pico dos sintomas de abstinência, acendendo outro cigarro assim que eles começam, prevenindo o pico.

Embora continuem fumando, dois terços dos fumantes regulares dizem querer parar de fumar, mas não conseguem por não ter qualquer ajuda externa. A principal razão para o insucesso ao deixar de fumar é o fato de ser um vício muito forte e difícil de ser evitado.

 Champix é um dos tratamentos mais recentes e eficazes para deixar de fumar. Estudos clínicos demonstram que o Champix é mais eficaz do que qualquer outro tratamento, e que existem duas vezes mais hipóteses de deixar de fumar, do que se o fizer sem ajuda. O tratamento de Champix normalmente dura 12 semanas mas conseguirá deixar de fumar nas primeiras duas semanas.

Informações sobre o Champix

O Champix foi o resultado da busca por um medicamento para eliminar o vício da nicotina, colaborando com o bem estar dos fumantes que realmente desejam parar de fumar e ajudando no processo de limpeza da nicotina no organismo.

A nicotina é uma substância tóxica e, uma vez eliminada do corpo, gradualmente o fumante perde necessidade de sua reposição e pode voltar a fazer qualquer atividade que exija esforço físico, sentindo-se também melhor e mais confiante para permanecer na presença de outros fumantes sem se deixar levar pela tentação de acender outro cigarro.

Ao fazer uso do Champix, um fumante já sente os efeitos benéficos de deixar de fumar em apenas 3 semanas depois de deixar de usar a nicotina. Através do uso do Champix, o dependente de nicotina sente as melhoras imediatas no seu organismo, como maior circulação sanguínea e oxigenação, aumentando a capacidade respiratória, melhorando a qualidade da pele e surgindo cabelos mais fortes e brilhantes.

Depois de cinco anos de abandono do vício do fumo, o ex-fumante aumenta em duas vezes sua saúde, eliminando o risco de diversos tipos de câncer, principalmente o de pulmão, o que mais ataca dos viciados em nicotina.

Após 10 a 15 anos de abandono do vício do fumo, o paciente tem reduzido o risco de acidente vascular, na mesma medida em que qualquer outra pessoa que nunca tenha fumado em sua vida.

Princípio ativo do Champix

O tartarato de vareniclina é o princípio ativo do Champix, tendo sido desenvolvido pelo laboratório Pfizer e anunciado como sendo até duas vezes mais eficiente do que a bupropiona, uma substância que, até então, vinha sendo a única opção para fumantes que pretendiam deixar de vez o vício do fumo.

Testado clinicamente, o tartarato de vareniclina mostrou-se superior em longo prazo, fazendo com que maior quantidade de fumantes abandonassem o vício em definitivo, sem precisar de novos tratamentos.

principio ativo do champix

O objetivo da Pfizer, ao desenvolver o princípio ativo do Champix é seu interesse em estimular a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Fundada em 1849, em Nova York, e presente no Brasil há mais de 60 anos, a Pfizer está entre as mais completas indústrias farmacêuticas do mundo, participando de inúmeros projetos de cunho social.

Assim, com o desenvolvimento do tartarato de vareniclina, a Pfizer consegue resultados ao mesmo tempo em seu projeto de erradicação do fumo, trazendo mais qualidade de vida aos dependentes, enquanto consegue oferecer mais qualidade de vida às pessoas.

O Champix, usado de acordo com a recomendação, é capaz de livrar o paciente do vício do fumo com até 4 vezes mais rapidez do que uma pessoa que tenta sem qualquer tipo de ajuda externa.

A redução da vontade de nicotina ocorre através da ação do princípio ativo do Champix, que age diretamente nos receptores de nicotina do cérebro, o que torna mais fácil parar de fumar sem que os efeitos da abstinência sejam tão graves.

Mecanismo de ação do Champix

A Vareniclina, em sua forma de tartarato, é a substância que torna o Champix tão eficaz no combate ao fumo. O Champix age como principal responsável contra o vício da nicotina.

O princípio ativo é um agonista parcial do receptor de nicotina, estimulando esses receptores de uma forma mais fraca que a própria nicotina, semelhante à citisina e diferente do antagonista nicotínico, a bupropiona e outras terapias de substituição da nicotina, como os adesivos e a goma.

Sendo um agonista parcial, o Champix vai reduzindo a vontade de usar nicotina, diminuindo também os efeitos prazerosos do cigarros e do tabaco, ajudando o paciente a abandonar de vez do vício do fumo.

como funciona o champix

Através da Vareniclina, o medicamento consegue estimular uma menor liberação de dopamina, inferior à quantidade liberada com o consumo da nicotina, mas suficiente para amenizar de forma significante a sensação de abstinência.

A ligação entre o tartarato de vareniclina e o receptor de nicotina no cérebro se torna tão intensa, que impede a ligação da nicotina com esses receptores, o que vai impedir que o cigarro provoque a mesma sensação de bem estar que antes trazia, no caso de a pessoa voltar a fumar.

Assim, o reforço positivo provocado pelo cigarro é bloqueado, e o fumante deixa de ter interesse no uso da nicotina.

O Champix apresenta-se como o melhor e mais avançado meio de apoiar o fumante em sua vontade de abandonar o vício, representando uma vitória da indústria farmacêutica contra a nicotina.

Benefícios do Champix

É sabido que o cigarro é causador de diversos problemas, como a impotência, a infertilidade, doenças dentárias, problemas respiratórios e cardiovasculares, envelhecimento precoce e um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento de diversos tipos de câncer.

Para quem deixa de fumar, felizmente, com apenas três semanas de interrupção do uso de cigarro, a circulação e respiração apresentam sensível melhora, trazendo o rejuvenescimento da pele e recuperando parte do brilho dos cabelos.

Com 5 anos de abandono do fumo, o risco de diversos tipos de câncer, como de pulmão, boca, garganta e esôfago, cai pela metade e, em dez anos, o risco de câncer de pulmão pode ser comparado ao de um não fumante. Com 15 anos, qualquer risco de problema cardiovascular é idêntico ao de uma pessoa que nunca fumou na vida.

Embora esses sejam alguns fatos positivos para quem deixa o vício do fumo, existem danos que são permanentes, como a perda de uma parte da função pulmonar, já que os pulmões não podem se recuperar.

Assim, deixar de fumar é mais do que uma necessidade e o tratamento pode ser feito com o Champix sem os riscos de retorno ao vício.

Quão eficaz é o Champix?

O tabaco é um grande risco à saúde, provocando sérios problemas para o fumante. Deixar de fumar, portanto, significa reduzir as hipóteses de desenvolvimento de problemas graves, como câncer e doenças cardiovasculares.

O Champix apresenta-se como um apoio para o fumante abandonar o vício da nicotina de forma mais fácil, trazendo quatro vezes mais chances de deixar de fumar do que pessoas que o fazem sem qualquer apoio.

A nicotina é uma substância extremamente viciante e, quando o fumante tem vontade de fumar, na realidade está precisando repor a nicotina na corrente sanguínea, trazendo sensação de prazer e de satisfação para o cérebro e o organismo como um todo.

Por ser uma substância base no tabaco, os tratamentos que contém nicotina são aplicados como forma de deixar, aos poucos, de sentir necessidade da substância no organismo.

No entanto, quando se recorre à terapia de substituição, nicotina continua sendo fornecida. Embora o paciente não esteja fazendo uso do fumo, continua trazendo nicotina para seu organismo, ou seja, indica que terá que lidar com os sintomas de privação quando deixar de fazer o tratamento de substituição.

Com o Champix, mesmo que tente fumar, o paciente não irá sentir a sensação de prazer que sentia anteriormente, tornando mais fácil parar de fumar definitivamente.

O Champix, portanto, é um meio mais eficaz de evitar o vício do fumo, mas é necessário que o fumante tenha uma atitude positiva para garantir o sucesso do tratamento. Para isso, é preciso se preparar psicologicamente para deixar o fumo.

Nenhum tratamento para deixar de fumar apresenta qualquer resultado sem a vontade do paciente, e o Champix só será eficaz se o fumante tiver vontade absoluta de deixar o vício.

Tratamentos alternativos ao Champix

Existem outros tratamentos para deixar o vício do fumo, como adesivos transdérmicos de nicotina, chiclete de nicotina, inaladores de nicotina, spray nasal de nicotina e o princípio ativo bupropiona.

Contudo, como informamos anteriormente, nenhum desses tratamentos terapêuticos apresentou resultados melhores do que o Champix, com seu princípio ativo Vareniclina.

É necessário, no entanto, abordar uma terapia que deve ser aplicada juntamente com o tratamento feito com o Champix, que é a terapia psicológica e comportamental. A recomendação é baseada no fato de que o tabagismo tanto cria uma dependência física quanto psicológica.

Estudos clínicos e laboratoriais

Estudos clínicos e laboratoriais foram conduzidos pela Pfizer em diversos países para analisar a eficácia do tartarato de vareniclina no combate ao tabagismo. Uma análise completa dos dados demonstrou que o medicamento chega a aumentar entre três a quatro vezes as chances de um fumante deixar definitivamente o vício.

Durante os testes, um terço dos pacientes voluntários estudados conseguiu ficar livre do cigarro de forma definitiva depois de um tratamento de seis meses com o Champix. Três estudos comprovaram que o tartarato de vareniclina é superior à substância antes aplicada no combate ao fumo, a bupropiona.

Juntando todos os dados obtidos com os testes, chegou-se à conclusão que a redução dos efeitos da abstinência atingiu 44% dos pacientes que fizeram uso do Champix, enquanto que 30% foi constatado com o uso da bupropiona e apenas 18% em fumantes voluntários que receberam placebo.

O mesmo estudo acompanhou os voluntários por nove meses, ou 41 semanas, constatando que 23% das pessoas que fizeram uso do Champix não voltaram a fazer uso do cigarro.

Os testes clínicos também analisaram de forma indireta os benefícios da vareniclina, quando comparado com a terapia de reposição de nicotina. Os resultados mostraram que a eficácia das duas terapias foi semelhante, embora o Champix tenha se apresentado como superior, trazendo ainda a vantagem de não possuir nenhuma quantidade de nicotina em sua composição.

Como usar o Champix

O Champix é comercializado em kits, podendo ser adquirido o kit inicial, que é composto de 11 comprimidos de 0,5 mg (comprimido branco) e 42 comprimidos de 1 mg (comprimido azul claro).

Como tomar Champix

Existe também a opção de kits contendo o pacote inicial e um número maior de pílulas de 1 mg, com quantidade suficiente para tratamentos de uma a oito semanas.

O kit completo do Champix é para o tratamento completo contra o tabagismo, sendo composto do pacote inicial, com comprimidos em quantidade suficiente para 4 semanas, além de comprimidos para mais 8 semanas. O tratamento total recomendado deve durar pelo menos 12 semanas.

Como tomar

O tratamento com o Champix apresenta doses variadas ao longo do tempo. Nos três primeiros dias, o paciente deve tomar um comprimido de 0,5 mg por dia (o comprimido de cor branca), e, nos próximos 4 dias, deve-se tomar um comprimido de 0,5 mg a cada 12 horas, fazendo uso de dois comprimidos por dia.

No final dos 7 primeiros dias, os comprimidos brancos não são mais usados, devendo o paciente tomar um comprimido azul a cada 12 horas.

Assim, o Champix Kit Inicial é suficiente para três semanas iniciais de tratamento e, a partir desse período, é utilizado o Champix Kit Manutenção, com 112 comprimidos de 1 mg, que deve ser usado durante 8 semanas, na mesma posologia, com um comprimido a cada 12 horas.

Ao final desse período, com a conclusão do tratamento básico, se o paciente conseguir parar de fumar, deve fazer a terapia adicional de mais 4 semanas, para garantir a continuidade do sucesso com o tratamento, usando o Champix Kit Tratamento de Reforço.

Não havendo qualquer resultado nessas 12 semanas de tratamento, o paciente deverá passar por terapias diferentes.

Efeitos colaterais do Champix

O Champix, como qualquer medicamento de prescrição, apresenta efeitos colaterais e alguns cuidados devem ser tomados quando o paciente estiver em tratamento.

O princípio ativo do Champix é eliminado naturalmente pelos rins, e isso exige que pacientes com prejuízo de funções renais devem fazer uso de doses reduzidas. Desta forma, um paciente com insuficiência renal de grau 4 não pode exceder a dose de 0,5 mg a cada 12 horas. Para pacientes em terapia dialítica, a dose máxima deve ser apenas de 0,5 mg a cada 24 horas.

Pacientes que tenham problemas hepáticos não necessitam de qualquer ajuste na dose de Champix.

Durante o tratamento com Champix, o paciente dever redobrar a cautela ao dirigir ou ao manejar equipamentos e máquinas pesadas, uma vez que a interrupção da nicotina e o uso da Vareniclina podem interferir nas percepções físicas e visuais.

Existem duas preocupações principais quando o paciente começa o tratamento com o Champix: os efeitos cardiovasculares e os neuropsiquiátricos. Assim, é importante que o tratamento tenha o acompanhamento médico para que o paciente seja avaliado após 7 dias do início e, em seguida, periodicamente, de acordo com a necessidade.

Havendo o surgimento de comportamentos incomuns ou percepção de alterações na função cardiovascular, identificados pelo próprio paciente ou pela família, é necessário fazer acompanhamento médico, com a suspensão da terapia.

A agência norte-americana responsável pela liberação de medicamentos, a FDA, recomenda o monitoramento de algumas possíveis ocorrências, como mudança de comportamento, agitação e agressividade, humor depressivo e pensamentos ou tentativas suicidas.

É importante lembrar que essa recomendação é também dada a pacientes que fazem uso de bupropiona, o princípio ativo que também é usado para o tratamento do tabagismo.

Também é importante lembrar que esse tipo de comportamento pode ter incidência maior pela própria suspensão do uso de nicotina e, em razão disso, é difícil definir com precisão quanto ou quais destes sintomas podem ser atribuídos à presença da Vareniclina no organismo.

Atenção maior deve ser dada a pacientes em tratamento com Champix que tenham histórico de interocorrências psiquiátricas.

Efeitos cardiovasculares

Pacientes que fazem uso do Champix podem correr o risco de aumento de problemas cardíacos, principalmente os que, quando fumantes, já sejam portadores de qualquer tipo de doença cardiovascular.

O estudo que apresentou essa suspeita trouxe o fato de que no grupo que estava usando o medicamento houve pelo menos 1% de relatos de infarto, havendo pelo menos 0,5% de novos diagnósticos de doença vascular periférica.

Estatisticamente, esses números são considerados praticamente sem significância e podem, inclusive, ser atribuídos ao acaso.

Outros estudos também apresentaram resultados semelhantes e parece pouco provável que haja qualquer comprometimento cardiovascular que possa ser considerado clinicamente significante, principalmente em pacientes com baixo risco.

O tratamento com o Champix, diante dos resultados apresentados, pode ser feito tanto para pessoas sem problemas ou com problemas cardiovasculares, já que, embora o risco apresentado pelo Champix seja apenas teórico, a redução de problemas cardiovasculares com a interrupção do uso do tabaco é mais do que comprovada.

É evidente, no entanto, que um paciente que faça tratamento com o Champix faça o monitoramento para acompanhar qualquer tipo de alteração ou para o surgimento de problemas cardiovasculares, devendo consultar um médico se houve alguma alteração.

Outros efeitos colaterais do Champix

Pela ordem de frequência, podem surgir outros efeitos colaterais durante o tratamento com Champix:

  • Frequência maior que 10%: dores de cabeça, insônia, sonhos anormais, náuseas;
  • Frequência entre 1 e 10%: aumento de apetite, sonolência, tonturas, alterações no paladar, vômitos, constipação, diarreia, distensão abdominal, má digestão, gases, boca seca e cansaço;
  • Frequência inferior a 1%: infecções fúngicas e virais, falta de apetite, redução ou aumento da libido, tremors, letargia, redução da sensibilidade, aumento de tensão muscular, conjuntivite, dores nos olhos, dilatação das pupilas, miopia, lacrimejamento dos olhos, zumbidos no ouvido, dores do peito, palpitações, pressão arterial elevada, calor súbito, inflamação das vias respiratórias superiors, obstrução das vias respiratórias, rouquidão, rinite alérgica, irritação da garganta, congestão nasal, tosse, coriza, sangue vivo nas fezes, gastrite, aftas, dores na gengiva, fezes anormais, placa esbranquiçada da língua, vermelhidão, acne, sudorese, aumento do número de micções, aumento do fluxo menstrual, corrimento, desconforto torácico, febre, fraqueza, indisposição, redução de calico no sangue.

Interações medicamentosas

Durante os estudos clínicos e laboratoriais não foram identificadas interações com outros medicamentos que apresentem importância clínica. Contudo, durante o tratamento com Champix deve ser evitado o consumo de álcool, já que pode ocorrer potencialização dos efeitos neuropsiquiátricos.

O Champix não é recomendado durante a gestão, sendo também possível que possa ser excretado através do leite materno, de maneira que não é recomendado fazer o tratamento durante o período de amamentação.

Contraindicações

O Champix não é recomendado para pacientes que tenham os seguintes perfis, devendo consultar um médico antes de dar início ao tratamento:

  • Mulheres grávidas, em razão da possibilidade de interferência na formação complete do feto no útero;
  • Mulheres em fase de amamentação, pela possibilidade de vestígios da Vareniclina no leite materno;
  • Pessoas com problema de alcoolismo, pela possibilidade de ocorrência de potencialização de efeitos neuropsiquiátricos;
  • Pessoas com doenças pré-existentes, pela possibilidade de interações desconhecidas com outros medicamentos que estejam sendo aplicados.

Para pacientes que não tenham seu perfil enquadrado na listagem mencionada, o atendimento e acompanhamento médico é necessário, para se conhecer o estado de saúde atual e investigar o histórico de saúde. A pré-avaliação é importante para evitar efeitos colaterais indesejados depois do início do tratamento, que poderão levar a sensações de mal estar e mesmo de falta de sucesso no tratamento.

Como realizar a compra do medicamento de prescrição Champix na HealthExpress?

Champix é um medicamento de prescrição, isso significa que não é possível a realização da compra do mesmo sem uma receita emitida por um médico registado, essa regra se aplica tanto para o Portugal quanto para o Brasil.

Na HealthExpress você tem a possibilidade de encomendar o medicamento Champix online, pois dispomos de uma equipe médica qualificada que realizará a emissão da receita apenas após a realização de uma consulta online que tem como intuito identificar se o medicamento desejado é adequado para o caso do paciente.

Nessa consulta o médico leva em consideração a sua condição de saúde atual, seu historial médico e as possíveis contra-indicações da medicação.

O processo é rápido e simples: Você apenas precisará preencher um breve questionário, que será enviado para um dos nossos médicos registados na União Européia e o mesmo vai então avaliar qual o melhor tratamento para o seu caso. Assim que o médico emitir a receita, você receberá um e-mail com a confirmação. Após recebimento desse email, você poderá acessar a sua área de paciente e adquirir o medicamento online.

Envio do Champix - Rapidez

O tempo estimado de entrega para Portugal é de 24h úteis através da UPS ou de 3-5 dias úteis via CTT. O tempo exato será sempre informado via e-mail após conclusão da compra.

Realizamos entregas para qualquer endereço de sua escolha, em toda a Europa.

Também realizamos entrega para o Brasil. A entrega é feita via Correios sendo o tempo estimado de entrega do medicamento de 7 a 10 dias úteis.

Envio do Champix – Discrição

Na HealthExpress, prezamos pela proteção da sua privacidade, por isso o seu medicamento será enviado num pacote discreto e não faremos qualquer menção da nossa empresa, produto comprado ou detalhes sobre o serviço na descrição de cobrança.

Fontes: