Malarone

Compre Malarone online com a prescrição do nosso médico

  • Toma diária
  • Impede a disseminação da infecção pelo organismo
  • Poucos efeitos secundários associados

O Malarone é um medicamento usado contra a malária, fornecendo proteção contra seus sintomas e prevenindo a disseminação do parasita responsável pela doença no organismo humano. Seus efeitos são provocados diretamente nas enzimas dos parasitas, impedindo que eles se multipliquem, eliminando-os do organismo antes da infecção da doença.

Malarone é um medicamento de prescrição e não é possível comprá-lo sem receita médica. Na HealthExpress você pode comprar o medicamento Malarone online porque nós emitimos uma receita com base em uma consulta realizada online. Para isso, você deve preencher o nosso questionário médico que será revisto por um de nossos médicos. Então, você poderá encomendar o Malarone diretamente na sua área de paciente.

Comprar Malarone
Encomende nas próximas 14h e 24min para receber na Quarta-feira, 31 maio
Serviço de Excelência

3,987 classificações de pacientes

4.8/5
Tudo incluído no Preço

Avaliação, Receita médica e entrega Grátis

Privado e Convidencial

Entrega e Pagamentos discreto

Medicamentos Originais:

Prescritos por médicos registados no Reino Unido

O que é Malarone?

O Malarone é um medicamento que deve ser tomado como prevenção contra a malária, antes de uma viagem a qualquer região onde a doença seja endêmica. O principal benefício do Malarone é que eles oferecem a proteção necessária contra a infecção parasitária da malária, uma das doenças mais comuns no mundo todo e também das mais graves, quando não devidamente tratada.

Os testes realizados com Malarone comprovam que se trata de um medicamento eficaz, principalmente em áreas de maior risco e onde os parasitas da malária se tornaram resistentes a outros princípios ativos. Essa situação ocorre com mais frequência na África e em algumas regiões da América do Sul.

Quem pode utilizar o Malarone?

O Malarone pode ser considerado um medicamento seguro para toda e qualquer pessoa maior de 18 anos, não sendo, no entanto, recomendado para mulheres grávidas ou em fase de amamentação.

O medicamento é contraindicado para pessoas que tem problemas renais ou que estejam em tratamento de cancro ou utilizando determinados antibióticos, como a metoclopramida e Varfarina, o que faz ser recomendável utilizá-lo apenas mediante prescrição médica.

Como funciona o Malarone?

Os sintomas da malária começam quando os glóbulos vermelhos se arrebentam, liberando os parasitas da malária na corrente sanguínea. Os princípios ativos do Malarone previnem e tratam a malária, impedindo o crescimento e proliferação dos parasitas nos glóbulos vermelhos, o que permite que o próprio sistema imunológico do organismo contenha os vírus e os elimine do corpo infectado.

Os princípios ativos do Malarone são o cloridrato de proguanil e a atovaquona, que atuam diretamente nas enzimas do parasita da malária, reduzindo sua capacidade de multiplicação.

Que ingredientes contém o Malarone?

O Malarone é composto de atovaquona e de cloridrato de proguanil, substâncias eficazes contra a produção das enzimas que provocam a multiplicação dos parasitas da malária. Impedindo a produção dessas enzimas, o Malarone elimina a possibilidade de surgimento dos sintomas no organismo da pessoa contaminada, fazendo com que o próprio corpo possa combater os parasitas, eliminando-os aos poucos do corpo.

É importante lembrar que o Malarone apenas combate os parasitas de multiplicar-se no corpo, não impedindo que eles sejam inoculados pela picada do mosquito.

Malarone: dosagem e uso

Estrutura da fórmula de Atovaquona e Proguanil

O Malarone deve ser tomado antes de qualquer viagem a regiões que tenham casos de malária. A prescrição também compreende o tempo de estadia na região, seguindo ainda por uma semana depois do regresso.

O ciclo de tratamento deve começar pelo menos dois dias antes do início da viagem, terminando 7 dias depois do regresso, devendo-se tomar um comprimido todos os dias, no mesmo horário, preferencialmente após uma das refeições principais (almoço ou jantar), ou usando leite para ajudar no processo de absorção dos princípios ativos e redução dos possíveis efeitos colaterais.

O Malarone não é um medicamento indicado para tratamento em longo prazo, fato que demanda informar ao médico se a viagem tiver duração maior do que 28 dias.

Para o viajante que esteja visitando regiões onde a malária é endêmica, além de tomar o medicamento preventivo contra os sintomas da doença também é recomendado o uso de repelentes, de mosquiteiro sobre a cama e de mangas compridas para evitar a picada do inseto transmissor.

Como tomar o Malarone

Como indicado anteriormente, o Malarone deve ser tomado uma vez por dia, começando o tratamento pelo menos dois antes da viagem, continuando por todo o período de viagem e encerrando-se apenas 7 dias depois do retorno, lembrando ainda que, em caso de viagens mais prolongadas, o Malarone pode não ter a mesma eficácia.

Em viagens acima de 28 dias, o médico deve ser informado, no caso de estar prescrevendo o Malarone, para que possa tomar as providências necessárias a viagens de maior duração.

Efeitos colaterais do Malarone

Um erro comum é que os efeitos secundários dos tratamentos contra a malária são muito comuns, o que faz pensar que não vale a pena fazê-los. No entanto, os efeitos colaterais são possibilidade comum a qualquer medicamento e a proteção contra a malária não pode ser sacrificada com base em conceitos infundados.

Neurológicos

As dores de cabeça são um efeito secundário comum do Malarone, mas são geralmente ligeiras e não duram muito tempo. As tonturas são menos comuns mas podem ocorrer.

Gástricos

A náusea e as dores de estômago são também efeitos secundários comuns deste tratamento antimalárico. Estas podem ser acompanhadas de perda de apetite, apesar de esta ser menos comum.

Pele

É relativamente comum que esta medicação cause rash com comichão. Porém, se experienciar uma reacção de pele severa, deve parar de tomar Malarone e contactar o seu médico imediatamente.

Coração

Apesar de ser raro, algumas pessoas que tomam Malarone experienciam palpitações cardíacas.

Efeitos secundários do Malarone

Clique na área pertinente do corpo para saber como esta pode ser afectada pelo Malarone

Os medicamentos de prevenção contra a malária podem causar efeitos colaterais no início do tratamento, tendendo a desaparecer quando o corpo se habita ao mesmo, ocorrendo casos em que eles nem aparecem.

Como qualquer outro medicamento de prevenção contra a malária, o Malarone também oferece o risco de efeitos secundários, principalmente no caso de pessoas que sejam sensíveis aos seus princípios ativos.

Os efeitos colaterais mais comuns incluem náusea, dores de estômago e de cabeça, podendo não surgirem quando o medicamento é tomado com alimento ou com leite.

Se o usuário experimentar efeitos secundários mais graves, deve procurar ajuda médica. Os efeitos secundários mais graves, que podem afetar uma em cada dez pessoas, são os seguintes: tonturas, insônia, pesadelos, depressão, perda de apetite, comichões, febre e tosse.

Menos comuns são os seguintes efeitos colaterais, que podem ocorrer em uma entre cada 100 pessoas: palpitações cardíacas, ansiedade e inchaço na boca. Em alguns casos podem surgir reações de pele.

Os seguintes efeitos colaterais do Malarone foram detectados com muito menor frequência, embora devam ser citados: hepatite, inflamação dos vasos sanguíneos, pele descamada, vesículas, sensibilidade à luz solar, ataques de pânico, úlceras e convulsões.

No caso de o usuário estar usando o Malarone como preventivo e notar algum sintoma de malária, deve entrar em contato com o médico imediatamente.

Interações com outros medicamentos e contraindicações

O Malarone não pode ser administrado a mulheres grávidas, lactantes, ou pessoas que tenham problemas renais. Sua administração concomitante com rifampicina, rifabutina, metoclopramida, efavirenz ou inibidores da proease de reforço também deve ser evitada.

Antes de tomar qualquer medicamento, procure um médico. Informe se está tomando qualquer outro tipo de medicação, se possui problemas em tratamento ou se é alérgico a qualquer princípio ativo.

Como realizar a compra do Malarone na HealthExpress?

Malarone é um medicamento de prescrição, isso significa que não é possível a realização da compra do mesmo sem uma receita emitida por um médico registado, essa regra se aplica tanto para o Portugal quanto para o Brasil.

Na HealthExpress você tem a possibilidade de encomendar o medicamento o Malarone online, pois dispomos de uma equipe médica qualificada que realizará a emissão da receita apenas após a realização de uma consulta online que tem como intuito identificar se o medicamento desejado é adequado para o caso do paciente.

Nessa consulta o médico leva em consideração a sua condição de saúde atual, seu historial médico e as possíveis contra-indicações da medicação.

O processo é rápido e simples: Você apenas precisará preencher um breve questionário, que será enviado para um dos nossos médicos registados na União Européia e o mesmo vai então avaliar qual o melhor tratamento para o seu caso. Assim que o médico emitir a receita, você receberá um e-mail com a confirmação. Após recebimento desse email, você poderá acessar a sua área de paciente e adquirir o medicamento online.

Envio do Malarone - Rapidez

O tempo estimado de entrega para Portugal é de 24h úteis através da UPS ou de 3-5 dias úteis via CTT. O tempo exato será sempre informado via e-mail após conclusão da compra.

Realizamos entregas para qualquer endereço de sua escolha, em toda a Europa.

Também realizamos entrega para o Brasil. A entrega é feita via Correios sendo o tempo estimado de entrega do medicamento de 7 a 10 dias úteis.

Envio do Malarone – Conviniência

Na HealthExpress, prezamos pela proteção da sua privacidade, por isso o seu medicamento será enviado num pacote discreto e não faremos qualquer menção da nossa empresa, produto comprado ou detalhes sobre o serviço na descrição de cobrança.

Fontes: