Gráfico sobre problemas de ereção

Os problemas de ereção têm-se tornado um problema comum para os homens com mais de 40 anos, principalmente se estiverem presentes outros problemas de saúde que possam contribuir para a diminuição do aporte de sangue para o pénis durante a estimulação sexual.

Cerca de metade dos homens entre os 40 e os 70 anos sofrerá de problemas de ereção a certo ponto das suas vidas, sendo estes mais frequentes com o avançar da idade e por isso, no limite superior deste intervalo. Porém, os problemas de ereção não são exclusivos de homens mais velhos e têm-se tornado prevalentes entre as classes mais jovens. Ao contrário dos homens com idades mais avançadas, os homens mais jovens sentem mais dificuldades em falar com as suas parceiras ou médicos, sentindo-se incomodados por sofrer de problemas de ereção numa altura mais precoce da vida. Este estigma social relaciona-se com o pensamento comum de que os problemas de ereção apenas afetam homens à medida que estes envelhecem, não sendo comuns nos homens jovens.

Apesar de este pensamento ter algum fundamento, uma vez que os problemas de ereção se associam frequentemente a condições de saúde que são características de uma etapa mais avançada da vida, como por exemplo a diabetes, o colesterol elevado ou a tensão arterial, sendo também verdade que os níveis de testosterona atingem o seu pico na segunda década da vida, diminuindo os seus níveis progressivamente com a idade. Vários estudos sugerem que cerca de 15% dos homens sofre de problemas de ereção antes dos 40 anos, podendo mesmo estes afetar homens que ainda não tenham atingido a idade adulta, como é o caso dos adolescentes.

Obtenha tratamento em apenas 3 simples passos
Complete o seu formulário médico
Escolha o seu Tratamento
Entrega Expresso grátis
Tratamento Disponível Disfunção Erétil
4.8/5 - 237 Classificações

Sildenafil

  • Efeitos com início em 30 minutos e duração até 4 horas
  • Disponível nas doses de 25mg, 50mg e 100 mg
  • Entrega no dia seguinte, sem custos adicionais
  • Entrega numa embalagem discreta
Caixa de Viagra 100mg
4.7/5 - 155 Classificações

Viagra

  • Eficácia a partir dos 30 minutos e até 4 horas
  • Disponível nas doses de 25mg, 50mg e 100mg
  • Entrega grátis no dia seguinte
  • Embalagem e entrega discretas
4.7/5 - 160 Classificações

Cialis

  • Faz efeito em 30 minutos e dura até 36 horas
  • Está disponível nas doses de 10mg e 20mg
  • A entrega é gratuita e realizada no dia seguinte
  • O serviço de entrega é discreto
Ver mais tratamentos

Quais são as principais causas dos problemas de ereção em homens jovens?

Ao contrário dos homens mais velhos, algumas das condições mais comuns responsáveis pelos problemas de ereção podem não ser relevantes para homens mais jovens. Estas têm normalmente uma natureza física, como problemas vasculares (tensão arterial alta, aterosclerose) ou neurológicos (doença de Alzheimer ou Parkinson), mais comuns à medida que o homem envelhece. Na maioria dos casos em que os problemas de ereção ocorrem em homens mais jovens, estes são um resultado de causas psicológicas, como por exemplo:


Causas Resumo Possíveis Tratamentos
Ansiedade e stress

A causa mais comum dos problemas de ereção em homens com menos de 40 anos é a ansiedade ou o stress relacionado com a performance sexual. Isto deve-se principalmente à insegurança relativamente à capacidade sexual ou ao medo de falhar. Como o processo de conseguir uma ereção é inteiramente controlado pelas enzimas libertadas pelo cérebro, tal como acontece com as emoções e sentimentos, se for experienciada ansiedade e stress, estes podem causar problemas de ereção em homens jovens.

  • Terapia
  • Medicamentos inibidores da PDE-5 como o Viagra, Cialis ou Levitra
  • Medicamentos para o controlo da ansiedade
  • Métodos para controlo do stress
Depressão

A depressão influencia várias funções do corpo. Estudos demonstraram que os homens com depressão têm duas vezes mais probabilidade de desenvolver problemas de ereção do que os homens sem depressão.

  • Terapia
  • Medicamentos inibidores da PDE-5 como o Viagra, Cialis ou Levitra
  • Antidepressivos
 
Estilo de vida Fumar, beber álcool e consumir drogas relacionam-se com os problemas de ereção e outros problemas sexuais.
  • Alterações ao estilo de vida
  • Adopção de novos hábitos
  • Medicamentos inibidores da PDE-5 como o Viagra, Cialis ou Levitra
 
Medicamentos

Alguns medicamentos como antidepressivos, anti-histamínicos, medicamentos usados no controlo da tensão arterial alta e relaxantes musculares podem aumentar as hipóteses de o homem sofrer de problemas de ereção.

  • Consultar o seu médico sobre tratamentos alternativos
  • Alteração da dose
Trauma sexual ou abuso sexual

Abuso sexual no passado, trauma sexual recente, problemas de identidade de género e orientação sexual podem afetar a forma como o homem se sente em relação ao sexo, tornando os problemas de ereção mais frequentes.

  • Terapia
  • Medicamentos inibidores da PDE-5 como o Viagra, Cialis ou Levitra

Tratar os problemas de ereção em homens jovens

Por a maioria das causas dos problemas de ereção nos homens jovens terem origem psicológica, é frequentemente recomendado tratamento como terapia ou aconselhamento, sendo este particularmente importante no caso de trauma ou abuso sexual. É importante resolver a causa do problema, para que os problemas de ereção sejam mais fáceis de controlar. Se mesmo após a identificação da causa e a adopção de medidas que visem controlar o stress, a ansiedade ou outro fator, os problemas de ereção persistirem, podem ser prescritos tratamentos especialmente concebidos para tratar os problemas de ereção, desde que a saúde do paciente assim o permita e desde que este tenha mais de 18 anos. Estes podem ser uma forma segura e eficaz para tratar os problemas de ereção, permitindo que o homem se sinta mais confiante quanto à sua performance sexual.

Independentemente da idade, se sofre de problemas de ereção deve consultar o seu médico o mais brevemente possível, para evitar o impacto negativo que estes podem ter na sua vida. De acordo com o diagnóstico e com o seu estado de saúde, poderá ser aconselhada a melhor forma de tratamento para ultrapassar este problema.