Ultraproct

Compre Ultraproct online com a prescrição do nosso médico

  • Trata as hemorroidas internas e externas
  • Alívio imediato dos sintomas
  • Aplicador de fácil utilização

O medicamento Ultraproct é adequado para o tratamento das hemorroidas internas e para alivio das hemorroidas externas. A pomada Ultraproct pode ser aplicada na área anal para aliviar as hemorroidas externas e também pode ser inserida na passagem anal com um aplicador para agir nas hemorroidas internas.

Ultraproct é um medicamento de prescrição e não é possível comprá-lo sem receita médica. Na HealthExpress você pode comprar o medicamento Ultraproct online porque nós emitimos uma receita com base em uma consulta realizada online. Para isso, você deve preencher o nosso questionário médico que será revisto por um de nossos médicos. Então, você poderá encomendar o Ultraproct diretamente na sua área de paciente.

Se tem preferência exclusiva pelo Ultraproct, deixe o seu email abaixo para ser notificado quando estiver em stock.
Fácil e conveniente:

Sem burocracia ou espera

Tudo incluído no Preço

Avaliação, Receita médica e entrega Grátis

Privado e Convidencial

Entrega e Pagamentos discreto

Medicamentos Originais:

Prescritos por médicos registados no Reino Unido

Compra do Ultraproct online: Como funciona o nosso serviço

Qual o Valor a pagar pelo Ultraproct?

O valor vai variar com a dose e quantidade. Lembramos que o preço incluí não só o medicamento, mas todo o serviço que prestamos desde a consulta e receita médica online ao envio expresso de forma discreta. Nota: websites que vendam Ultraproct em caixas de grandes quantidades e que não peçam dados médicos, serão ilegais.

Por que posso comprar o medicamento de prescrição Ultraproct online?

O Ultraproct é um medicamento sujeito a prescrição médica, ou seja, não pode ser comprado sem indicação médica. No entanto, na HealthExpress, oferecemos a possibilidade de legalmente comprar Ultraproct online sem receita. Como? Ao completar uma consulta online grátis que permite aos nossos médicos parceiros verificar se o paciente está apto para o tratamento. Se tal se verificar, uma receita médica é emitida e enviada para a nossa farmácia parceira que fará o envio para o endereço escolhido. Qualquer farmácia online que venda Ultraproct sem requisitar dados médicos e/ou emitir uma receita, está a agir fora da lei.

Por que não é possível comprar Ultraproct sem receita médica em Portugal?

Em Portugal e na União Europeia, o Ultraproct é considerado um medicamento de prescrição médica, sendo por isso obrigatório que um médico determine se o paciente está apto e se é seguro iniciar o tratamento.

É seguro comprar Ultraproct na HealthExpress?

Na HealthExpress, antes de comprar o Ultraproct, passa por um processo de consulta online (questionário) que permite a si e aos nossos médicos parceiros verificar que é completamente seguro iniciar o tratamento. Todos os nossos médicos estão registados na Autoridade Médica Britânica (GMC, General Medical Council) e a HealthExpress está aprovada para venda de medicação online pela entidade Britânica MHRA (Medicines and HealthCare products Regulatory Agency).

Como é que o medicamento é entregue?

Após os nossos médicos aprovarem o seu pedido, a farmácia enviará o medicamento para o endereço que requisitou no processo de compra. Pode receber tão rápido como 24H para a maioria do território europeu. As encomendas são completamente discretas sem informação relativa ao website ou ao Ultraproct.

Como sei que comprei o Ultraproct original?

A HealthExpress apenas obtém medicamentos de laboratórios ou fabricantes de renome. A nossa farmácia é regulada a nível local (pelo MHRA) e Europeu (Agência Europeia Medicamentos) garantindo assim que operamos de forma transparente.

Os meus dados são protegidos durante o processo de compra on-line?

Na HealthExpress, valorizamos a privacidade dos nossos pacientes. Qualquer dado pessoal, médico ou de pagamento está protegido por SSL. Não é feita qualquer partilha de dados com terceiros sem o seu consentimento.

Mais alguma questão?

Se tiver alguma questão adicional, não hesite em contatar-nos por telefone, chat ou email.

O que é o Ultraproct

Ultraproct é um medicamento desenvolvido para o tratamento de problemas localizados na região do ânus e do reto, como hemorroidas, fissuras anais, eczema anal e proctite, sendo destinado ao uso adulto.

O medicamento é fornecido em forma de pomada para aplicação local, servindo para amenizar as dores e desconfortos provocados principalmente pelas fissuras anais superficiais e pelas hemorroidas. Seus efeitos são analgésico e anti-inflamatório, servindo para, além de aliviar a dor, também eliminar a inflamação provocada pelas veias hemorroidais.

Além de pomada, o Ultraproct também é comercializado na forma de supositório, podendo atender a todas as necessidades do paciente que, no entanto, deve seguir rigorosamente as recomendações médicas no caso de prescrição do medicamento.

Apresentação do Ultraproct

O Ultraproct é um medicamento produzido pela Bayer para uso tópico ou como supositório, oferecendo ação analgésica, anti-inflamatória e antipruriginosa.

Apresentação-do-Ultraproct

A formulação do medicamento contém como princípios ativos pivalato de fluocortolona, que reduz as reações alérgicas e inflamatórias, além de cloridrato de lidocaína, substância que age como anestésico local padrão.

Além dos efeitos analgésicos e anti-inflamatórios, o Ultraproct também reduz os pruridos que podem ocorrer em determinados pacientes portadores de hemorroidas.

Os princípios ativos presentes no Ultraproct se mostram bastante efetivos quando administrados em forma de creme, trazendo alívio imediato para o ardor, a inflamação, a coceira e a dor provocada pelas hemorroidas, por fissuras anais, por proctite ou por eczema na região anal.

Em razão de seus efeitos analgésico e anti-inflamatório, o Ultraproct também traz benefícios para o alívio da dor no pós-operatório de cirurgias proctológicas.

Não existem informações clínicas suficientes para determinar o tempo de início da ação anti-inflamatória do Ultraproct. Contudo, com relação ao efeito analgésico, devido ao princípio ativo cloridrato de lidocaína, o alívio das dores e do ardor ocorrem apenas alguns minutos depois da aplicação.

Composição do Ultraproct

O Ultraproct é fornecido comercialmente em forma de pomada e no formato de supositório. Suas substâncias, ou princípios ativos, são o 21-pivalato de fluocortolona e o cloridrato de lidocaína (anidro).

Ingredientes ativos do Ultraproct

Na forma de pomada, o produto contém 1 mg/g e 20 mg/g, respectivamente dos princípios ativos, enquanto que, no supositório, 1 mg e 40 mg, respectivamente.

Os outros componentes da fórmula do Ultraproct em forma de pomada são o polisorbato 60, estearato de sorbitano, álcool cotoestearílico, parafina líquida, vaselina branca, edetato de sódio, dihidrogenofosfato de sódio dihidratado, monohidrogenofosfato de sódio, álcool benzílico e água purificada.

No supositório, o outro componente do Ultraproct é glicéridos semi sintéticos W35, ou Witpson W35.

Para que serve o Ultraproct?

O Ultraproct contém um glucocorticoide, o 21-pivalalato de fluocortolona, e um anestésico local, o cloridrato de lidocaína.

O 21-pivalato de fluocortolona age inibindo a inflamação e quaisquer reações alérgicas de pele, aliviando também outros sintomas subjetivos, como a comichão, o prurido, o ardor e a dor consequentes das hemorroidas.

O cloridrato de lidocaína, por sua vez, é um anestésico local padrão, que vem sendo usado na medicina há muitos anos. A lidocaína é um princípio ativo que alivia a dor, reduzindo a comichão e também oferecendo o efeito antipruriginoso, mostrando-se extremamente efetiva quando integrante de medicamentos em forma de pomadas ou de supositórios para o tratamento de problemas provocados pelas hemorroidas.

O Ultraproct em forma de creme para ser aplicado diretamente na região afetada pelas hemorroidas oferece o alívio sintomático das dores, de edemas e de pruridos associados à doença (conhecida na medicina como doença hemorroidária).

Em forma de supositórios, o Ultraproct é utilizado também para o alívio sintomático dos sintomas apresentados pela doença, embora seu uso seja diferente da pomada, devendo ser inserido diretamente no canal do reto.

O Ultraproct é um medicamento que não vai atuar sobre as causas de desenvolvimento das hemorroidas, da proctite ou do eczema anal. Assim, por exemplo, e as hemorroidas são acompanhadas de inflamação e de sintomas de pele ao nível do eczema, o paciente deve fazer o uso combinado de Ultraproct em forma de creme retal e de Ultraproct em forma de supositórios.

O Ultraproct em forma de creme retal é uma pomada branca, opaca, que está disponível em bisnagas contendo 30 ou 50 gramas. No formato de supositórios, o Ultraproct está disponível em embalagens contendo 10 unidades.

Como o Ultraproct age no corpo?

Os princípios ativos presentes no Ultraproct (pivalato de fluocortolona e cloridrato de lidocaína), oferecem ações analgésica, anti-inflamatória e antipruriginosa. Seu uso tópico ou em formato de supositório é indicado para inibir as reações inflamatórias e alérgicas, além de oferecer alívio às dores e comichões decorrentes das hemorroidas.

Os princípios ativos que compõem o Ultraproct, principalmente em sua forma de creme, são bastante efetivos para o alívio da coceira, do ardor, da inflamação e da dor provocadas pelas hemorroidas, por fissuras anais, pela proctite ou por eczema anal.

Como o Ultraproct age no corpo

Além disso, o Ultraproct também oferece benefícios em pacientes que passaram por cirurgias proctológicas, aliviando as dores.

Os princípios ativos agem diretamente no local, não oferecendo riscos aos pacientes em razão da baixa dose presente no medicamento.

Eficácia e segurança do Ultraproct após estudos clínicos

Os estudos clínicos e laboratoriais aplicados com o uso de Ultraproct demonstraram que um de seus princípios ativos, a fluocortolona, oferece efeito anti-inflamatório, antialérgico e antipruriginoso.

Verificou-se uma regressão da dilatação capilar, do edema intercelular e da infiltração tecidual com o uso do Ultraproct, além de supressão da proliferação capilar na região tratada.

O Ultraproct contém em sua formulação dois ésteres da fluocortolona, que começam a apresentar seus efeitos curativos em tempos diferenciados, trazendo como resultado para o paciente um rápido restabelecimento de longa duração, ou seja, uma ação bifásica, que elimina a inflamação.

Em conjunto com a fluocortolona, a cinchocaína, também presente no medicamento, age como anestésico, aliviando a dor, coceira e comichão.

Em razão das diferentes lipofilicidades e pesos moleculares, o pivalato de fluocortolona e o caproato de fluocortolona se espalham em diferentes velocidades sobre o local aplicado, onde está a inflamação, trazendo como resultado um estabelecimento rápido e preciso de sua ação, favorecendo também a duração prolongada dos seus efeitos.

Depois da aplicação tópica, os dois ésteres são hidrolizados à fluocortolona livre e aos ácidos correspondentes, tanto na região perianal quanto na mucosa retal, situação que também pode ser evidenciada após o metabolismo hepático de primeira passagem, pelos esterases presentes no próprio organismo.

Os estudos disponíveis não contemplaram o grau de disponibilidade sistêmica após o uso de Ultraproct. No entanto, os estudos realizados com preparações similares à composição do Ultraproct demonstraram que menos de 15% da dose do pivalato de fluocortolona aplicada é absorvida diretamente no reto.

Toda fluocortolona absorvida pelo organismo é metabolizada no fígado e a maior parte de seus metabólitos é eliminada através da urina.

Da mesma maneira que o corticosteroide, a cinchocaína exerce seus efeitos analgésicos no local em que é aplicada. Os níveis plasmáticos efetivos de cinchocaína não se mostram como requisitos necessários para a eficácia de seus efeitos analgésicos.

Segurança do Ultraproct

Como não existem estudos disponíveis sobre a absorção da cinchocaína, foram realizadas avaliações de risco, considerando absorção completa, chegando-se à conclusão de que a dose absorvida da substância é muito baixa para apresentar qualquer efeito colateral adverso, quando o medicamento Ultraproct é administrado de acordo com as recomendações médicas.

Depois de absorvida na região em que foi aplicada, a cinchocaína é biotransformada em diversos metabólitos.

A desetilação oxidativa da função dietilamino, a hidroxilação e a degradação oxidativa da cadeia butiloxi, além da formação adicional de metabólitos polares não identificados se tornaram bem evidentes.

Mesmo havendo a pressuposição de completa absorção, podem ser excluídos os efeitos sistêmicos quando o paciente utiliza o Ultraproct de acordo com a prescrição médica, em razão de sua baixa dose.

Como usar o Ultraproct?

Em formato de creme, o Ultraproct deve ser aplicado uma ou duas vezes por dia, de acordo com a gravidade do problema apresentado pelo paciente e seguindo estritamente as recomendações médicas.

Como usar o Ultraproct

Os casos mais graves podem exigir a aplicação de até quatro vezes por dia, em camada fina, no primeiro dia de tratamento, mas retornando a duas aplicações a partir do segundo dia. Além disso, a recomendação médica, geralmente é que o paciente faça apenas uma aplicação diária a partir do desaparecimento dos sintomas.

Com relação ao Ultraproct em forma de supositório, a indicação médica normalmente é de um supositório por dia. Nos casos mais graves, o paciente pode ser orientado a usar 2 ou 3 supositórios no primeiro dia, passando a apenas 1 supositório a partir do segundo dia.

Depois do desaparecimento dos sintomas, geralmente o médico recomenda que o paciente utilize apenas um supositório de 2 em 2 dias, durante uma semana, para prevenir recidivas.

Em quaisquer dos usos, no entanto, a duração do tratamento não pode ser superior a quatro semanas.

Também em ambos os casos, a recomendação é que o uso de Ultraproct seja feita após a defecação, limpando bem a região anal antes da aplicação, seja do creme ou do supositório.

Para aplicar o creme, o paciente deve espalhar uma pequena quantidade, não maior do que o tamanho aproximado de uma ervilha, na região em torno do ânus e no orifício anal, usando o próprio dedo.

Também deve usar a ponta do dedo para vencer a resistência do esfíncter do ânus para que o creme possa penetrar no canal retal.

Havendo necessidade de aplicar o creme diretamente no reto, a bisnaga é acompanhada por um aplicador, que deve ser adaptado à sua ponta e inserido no ânus, aplicando diretamente o produto no canal, espremendo a bisnaga levemente.

Em casos mais graves, quando a região anal esteja muito inflamada e com lesões mais dolorosas, o paciente poderá, inicialmente, aplicar o creme no interior do canal do reto usando o próprio dedo.

As orientações médicas devem ser seguidas rigorosamente, sempre respeitando os horários determinados, a quantidade de doses e a duração do tratamento. O suo do Ultraproct não pode ser interrompido sem o conhecimento do médico que o prescreveu.

O supositório Ultraproct deve ser inserido profundamente no ânus, seguindo também as recomendações médicas. O médico geralmente prescreve a utilização de dois supositórios por dia, quando as queixas são mais intensas, ou até mais em casos mais graves.

Com a melhora apresentada pelo tratamento, normalmente o médico recomenda o uso de apenas um supositório por dia e, quando os sintomas desaparecem, apenas um supositório a cada 2 dias.

Caso o paciente tenha a impressão de que os efeitos do Ultraproct sejam muito fortes ou muito fracos, deve falar com seu médico para fazer o ajuste das dosagens.

Efeitos colaterais do Ultraproct

Entre os efeitos colaterais apresentados pelo uso de Ultraproct estão as reações de alergia no local de aplicação, incluindo vermelhidão, dor e coceira.

Veja abaixo de forma simplificada os possíveis efeitos colaterais do Ultraproct:

Efeitos secundários frequentes:
Reação alérgica Rachaduras e coceira
Diluição da pele Irritação da pele do ânus
Infecção Inchaço
Efeitos secundários raros e muito raros:
Reações alérgicas fortes na pele Irritações no local de aplicação
Arritmia Mudança nos níveis de tiróide
Eczema na pele Queimaduras intensas na área anal

No entanto, os efeitos colaterais apresentam-se apenas esporadicamente, como acontece com qualquer medicamento de prescrição.

No caso de uso do creme Ultraproct, a incidência de efeitos colaterais foi calculada com base no recolhimento de dados dos ensaios clínicos que envolveram 661 pacientes. Efeitos indesejados apenas foram verificados em nível de perturbações na pele na região anal com queimadura entre 1 a 10% dos pacientes tratados.

Irritação e reações alérgicas não foram constatadas, sendo consideradas pouco comuns, mas não devem ser excluídas.

Depois de um tratamento mais prolongado com Ultraproct, ou seja, além das quatro semanas recomendadas, existe o risco de o paciente desenvolver alterações locais na pele, como redução ou atrofia da pele, estrias ou telangiectasia.

Com relação ao Ultraproct em forma de supositório, a incidência de possíveis efeitos colaterais foi calculada tomando como base os dados de ensaios clínicos aplicados em 367 pacientes.

Situações como queimadura ou perturbações na pele na região anal foram observadas na mesma frequência que o creme, não passando de 10% dos pacientes participantes.

Observou-se também a incidência de irritação em menos de 1% dos pacientes tratados, havendo também o alerta para que não sejam excluídas possíveis reações alérgicas, como acontece com o creme.

Os mesmos sintomas apresentados pelo uso do creme em tratamentos prolongados podem ocorrer com o uso de supositório. Portanto, na incidência de efeitos colaterais, tanto os previstos quando outros não mencionados, o paciente deve procurar ajuda médica imediatamente.

(atrofia), estrias ou telangiectasia. Caso detecte efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico

Contraindicações e riscos do Ultraproct

Quando o paciente for prescrito com Ultraproct e apresentar infecções por micoses, o médico deve associar uma terapêutica específica.

É importante destacar que, quando o tratamento se mostra necessário por mais de quatro semanas, é preciso prestar atenção às manifestações secundárias que possam aparecer no local, como, entre outras, atrofias cutâneas.

Além disso, depois do uso do produto, alguns pacientes podem perceber reações alérgicas cutâneas, embora essa condição ocorra apenas em casos isolados.

O Ultraproct é um medicamento contraindicado nos casos de processos tuberculosos ou luéticos na região a ser tratada, não devendo ser usado também quando a região apresenta afecções viróticas, como varíola, varicela e vacínia.

Mesmo com as recomendações médicas, antes de fazer uso do Ultraproct o paciente deve ler as informações contidas na bula, além de verificar o prazo de validade do produto e também a integridade da embalagem. Além disso, sempre é válido lembrar que a bula deve ser mantida dentro da embalagem do medicamento, para ser consultada sempre que for necessário.

A bula oferece todas as informações necessárias para o paciente, apresentando os benefícios e os riscos associados a cada medicamento.

Havendo infecção por fungos na região a ser tratada pelo Ultraproct, o médico deve prescrever também uma terapia antimicóticas, que pode ser aplicada concomitantemente com o Ultraproct.

O Ultraproct não deve entrar em contato com os olhos ou com as mucosas nasais e orais. Assim, o paciente deve lavar cuidadosamente as mãos, antes e depois da aplicação do creme ou do uso do supositório.

Outro ponto que merece atenção é o fato de os componentes da fórmula do Ultraproct petrolato líquido e parafina branca leve podem reduzir a integridade de preservativos de látex.

Portanto, é recomendado evitar relações sexuais anais enquanto estiver fazendo uso do medicamento, mesmo depois que os sintomas desaparecerem.

Pacientes que também utilizam medicamentos contra arritmia devem informar ao médico, tomando as cautelas necessárias ao usar o Ultraproct.

O uso do medicamento também deve ser feito com cautela em idosos, crianças, adolescentes e outros grupos de risco.

No caso de crianças em faixa etária pediátrica, o Ultraproct é contraindicado, não havendo, no entanto, recomendações específicas com relação ao seu uso por idosos.

Reações adversas do Ultraproct

As principais reações adversas no uso de Ultraproct estão relacionadas a desordens na pele na região anal tratada, sendo o ardor a mais frequente, podendo ocorrer entre 1 a 10% dos pacientes.

Irritações e reações alérgicas acontecem de forma menos frequente, embora não se possa excluir alergias a quaisquer dos componentes do medicamento.

Depois de um tratamento mais prolongado, por mais de quatro semanas, existe a possibilidade de o paciente desenvolver alterações no local da aplicação do Ultraproct, como, entre outras, atrofia, estrias ou dilatação dos capilares e dos pequenos vasos previamente existentes na pele (telangiectasia).

Efeitos adversos diferentes dos apresentados são desconhecidos e, no caso de ocorrência de outros efeitos desconhecidos, o paciente deve informar imediatamente o seu médico.

Ultraproct na gravidez e na amamentação

No primeiro trimestre da gravidez, de acordo com os estudos que estabeleceram a condição como regra geral, os medicamentos tópicos contendo glicocorticosteroides não devem ser usados.

Portanto, no caso de mulheres grávidas, o médico deve avaliar com cuidado o uso de Ultraproct, considerando todos os riscos e benefícios. Além disso, também não é recomendado no período depois do primeiro trimestre e durante a amamentação.

Essa recomendação é decorrente dos estudos clínicos aplicados com glicocorticosteroides em animais, que mostraram toxicidade reprodutiva. Os estudos epidemiológicos parecem sugerir que pode haver um aumento do risco de fissuras labiais em recém-nascidos de mulheres que precisaram fazer uso de glicocorticoides sistêmicos durante o primeiro trimestre da gravidez.

As fissuras labiais são alterações raras e, se considerarmos os estudos clínicos, os glicocorticosteroides sistêmicos como teratogênicos, eles podem ser responsáveis pelo aumento de um ou dois casos em mil mulheres tratadas durante a gravidez.

As informações e os dados concretos sobre o uso tópico de glicocorticosteroides durante a gravidez ainda não são suficientes. No entanto, é de se esperar um risco mínimo, já que a disponibilidade sistêmica da substância, quando aplicada topicamente, é muito baixa.

Como regra geral, portanto, as preparações tópicas contendo qualquer tipo de corticoides não deve ser usada durante o primeiro trimestre, evitando-se também o seu uso durante o período integral da gravidez.

Além disso, sempre é bom lembrar que o uso prolongado de Ultraproct deve ser evitado. No caso de extrema necessidade por parte de uma mulher grávida, depois do primeiro trimestre de gestação, ela deve ser informada sobre os riscos apresentados pelo medicamento.

Superdosagem de Ultraproct

O Ultraproct, até o presente, não apresentou qualquer risco de intoxicação nas administrações recomendadas para uso retal ou perianal. Mesmo em casos de doses inadvertidas, o produto não apresentou efeitos colaterais.

Caso ocorra uma ingestão oral acidental, mesmo com poucas gramas do creme, o paciente pode esperar os principais efeitos sistêmicos do cloridrato de lidocaína presente na fórmula. A ingestão oral acidental, de acordo com a dose ingerida, pode ocasionar reações cardiovasculares severas, desde a redução até a parada as funções cardíacas.

No sistema nervoso podem ainda ocorrer sintomas como, por exemplo, convulsão e inibição da respiração, podendo chegar à parada respiratória. Em casos de superdose, o médico deve ser procurado imediatamente.

Interações medicamentosas do Ultraproct

De acordo com os estudos clínicos, a única interação medicamentosa apresentada pelo Ultraproct é com relação a medicamentos para tratamento de arritmia cardíaca. Portanto, pacientes que precisam desse tipo de medicamento, devem informar o médico ao receber a prescrição para uso do Ultraproct.

Não foram constatadas interações com alimentos ou com qualquer substância até o momento.

Fontes:
Classifique o serviço da healthexpress no Review
Avaliação de Serviço
Rating
Excelente
5 4.8
4,663 pacientes já classificaram o nosso serviço
Avaliação de Produtos
Ultraproct Tratamento Hemorroidas

Atendimento ao Paciente amigável e sempre disponível

Contacte-nos: Seg-Sexta 08:00h às 17:00h

Tudo incluído no preço - Sem taxas adicionais

Preço incluí a receita médica e entrega expresso

Entrega em 24H úteis

Garantida para encomendas antes das 16:30h

Todos os Comentários de para Ultraproct